SALA DE LEITURA DA EAT

SALA DE LEITURA DA EAT
Vê-se CS Lewis no Quadro Central, ladeado por seus livros, o Busto de MacDonald à direita e a "Vela do Saber" acesa.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Há alguma razão para se afirmar a veracidade histórica do livro de Jó?



A ideia de que o Livro de Jó é falso e que sua narrativa é uma fábula das mil e uma noites para enganar crianças traquinas, nunca foi convenientemente esclarecida em sua totalidade, pois mesmo quando assistimos bons pastores a defender a veracidade de Jó, não os vemos a esmiuçar e debelar a crítica da maioria dos ‘teólogos’ chamados “céticos”. Porém, na verdade, o problema é que estes tais “teólogos” nunca conseguiram engolir A EXISTÊNCIA “HISTÓRICA” DE SATANÁS e por esta razão o Livro de Jó é tão “complicado”; por que ali o pobre paciente e sofredor foi vítima de uma missão DADA A LÚCIFER PELO PRÓPRIO DEUS! (E se já era difícil aceitar que um anjo bom tenha se tornado INIMIGO MORTAL de Jesus, o que não dizer quando se sabe que aquele inimigo – ainda – está sob as ordens de Deus, o Pai de Jesus Cristo, e portanto Ele mesmo “encaminhador” do Tentador ao seu próprio Filho!... Ora, quem de nós engole uma história dessas facilmente? E pior: qual teólogo teria uma crença tão humilde e pueril que nem notasse o imbróglio teológico de uma afirmação dessas no Livro de Jó? E pior, para nós desta Escola: é que alguns bons estudiosos de Lewis afirmam com firmeza que este imbróglio foi um osso duro de roer até para Jack, e parecem ter encontrado evidências de que Lewis demorou bastante a crer na veracidade histórica da aparente “fábula” do Velho Testamento, o que para qualquer cristão seria uma tremenda pedra de tropeço. Entretanto, é evidente que o conjunto da fé de CS Lewis, com todos os mistérios que ele abraçou de coração (inclusive o mistério da própria experiência dele com anjos!) comporta espaço suficiente para crer que a “reunião de anjos” narrada por Jó de fato ocorreu, e Lewis a deixa entrever até nas Crônicas de Nárnia, quando ele tentava explicar (ou “não explicar”) os pecados de Ramandu, um anjo castigado por Deus, mas com uma missão em Nárnia. Enfim, o Canal StudioJVS fez um vídeo a respeito, e os leitores deste Blog podem assisti-lo clicando NESTE link. Que a paz de Deus esteja com todos.

domingo, 10 de setembro de 2017

NASA confirma “radiação” no Santo Sudário! E aí Lutero?



Num vídeo impressionante, a mais divina relíquia cristã está clamando por justiça diante da sociedade inteira, perguntando abertamente se o próprio sangue do Senhor não é motivo mais que suficiente para todas as igrejas se reunirem sob uma só liderança mundial! (Confiram AQUI). E mais ainda quando é a Ciência quem vem acrescentar mais mistério ao sagrado lençol/mortalha de Jesus, aquele pano de linho finíssimo comprado sob orientação de José de Arimateia. Ora, não admirem os leitores que nessas últimas pesquisas laboratoriais realizadas no Sudário de Turim, a Ciência vem descobrindo coisas de fato intrigantes, tal como esta última que dá conta de uma “inesperada radiação” no objeto estudado, não apenas no próprio tecido daquela mortalha, mas também no estranho sinal capturado pela investigação histórica via revisão do teste com Carbono 14! Isto é: a radiação agora detectada dá sinais de ter sido emanada na época do fato gerador do desenho impresso pelo corpo ensanguentado do Senhor, coisa que prova que o sepultado foi de fato o nosso salvador Jesus Cristo! E mais: quem conhece CS Lewis como nós desta Escola, nos lembramos perfeitamente de Lewis ter dito que a Ressurreição do Senhor foi de fato um evento miraculoso, não apenas no sentido comum de milagre, mas na efetiva ocorrência de um fenômeno físico transcendental, ou sobrenatural propriamente dito, o qual terminou por “manchar” ou sinalizar o tecido com algo como um “mini-incêndio via radiação”, a qual emanou do Senhor na hora em que Deus-pai operou o milagre que nos salva da morte! No episódio do encontro de Jesus com Maria Madalena, aquele ocorrido logo após ela chegar ao túmulo (ela foi a primeira a chegar), Lewis registra que Ele a proibiu de tocá-LO, justamente porque seu corpo ainda estava sendo “refeito” naquele instante, e certamente aquela “radiação” poderia afetar Madalena de um modo absurdo e “incurável”, como num filme de ficção, talvez ficando ela “contaminada” por uma parte daquela radiação que o corpo da santa só iria receber na ressurreição dela! Enfim, estamos diante de um Milagre portentoso do Senhor, talvez o único milagre gravado “a ferro e a fogo” e exibido milênios depois de sua ocorrência! Aleluia! Glória a Deus! Para sempre seja louvado!

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Todas as igrejas deveriam ser Católicas



Num vídeo extraordinário, G.K. Chesterton aponta 1001 razões para ser católico, e, devido à lógica bombástica com que ele defende sua proposta, é melhor o leitor assistir o vídeo antes de continuarmos nossa conversa (por favor clique AQUI). Sem contar outras boas produções do Youtube onde os próprios “evangélicos” estão reconhecendo uma ‘volta’ para a Igreja Católica, como se pode ver no vídeo seguinte (clique AQUI e assista). Todavia nosso tema não é este, mas sim apenas uma ou duas razões para que intitulemos este artigo com a frase “todas as igrejas deveriam ser católicas”. Senão vejamos. O tema básico é aquele que a Igreja Católica defende há quase 2000 anos, a saber, a nossa alegação de que a Igreja é mais importante que a Bíblia! – Temos 1001 razões para pensar assim. Aqui oferecemos apenas duas, mas avisamos que em breve haverá um vídeo sobre o assunto no nosso Canal StudioJVS. A 1a razão é que, antes de Jesus vir à Terra, o que existia em termos de Palavra de Deus era apenas o Velho Testamento, ou seja, a Lei, os Salmos e os Profetas. Vindo o Messias, Ele mesmo chamou 12 apóstolos e estes constituíram a primeira igreja do Cristianismo (que substituiu o Judaísmo na chamada história da salvação). Após uns 300 anos, o grupo chamado por Jesus já contava com muita gente “cristã”, e por isso pode-se dizer que a igreja crescia em graça e sabedoria diante de Deus e dos homens, o que já se via desde Atos 2,47. Entretanto, até 3 séculos após estes fatos, TODA A História Da Salvação era contada de boca a boca, e todos os salvos deste período tinham fé na palavra DOS DISCÍPULOS e seus seguidores, a saber, todos aqueles que acreditavam que o Nazareno de fato ressuscitou. Porém, no andar da carruagem, os cristãos (leia-se a Igreja) sentiram que era necessário selecionar, compilar, agrupar, fixar, os escritos sobre o plano de Deus e a passagem de Jesus pela Terra, de tal modo que ficasse claro o que era heresia e o que era a Verdade: Ali nascia o Novo Testamento, naquilo que a Igreja chamou de canonização escriturística. Assim pois fica claro que, não existindo nenhum registro escrito sobre Jesus e a salvação das almas pela Ressurreição, a Igreja foi a responsável por redigir, selecionar, compilar e fixar os livros do Novo Testamento que nós temos hoje, ficando claro que a Verdade teria se perdido SEM esta obra salvífica da Igreja! Igreja salvífica? Sim. Aqui está a outra razão: Quando Paulo saiu a perseguir e apedrejar a Igreja pela estrada de Damasco, uma voz do Céu lhe disse: “Paulo, por que me persegues?”. Paulo perguntou quem era, e a Voz lhe disse: “Sou eu Jesus, a quem tu persegues”. Logo, Jesus se identifica e se auto intitula ‘Igreja’, e por isso a Igreja salva, porque Jesus, que é a Igreja, salva. Assim, a Igreja é mais importante que a Bíblia, porque foi a Igreja quem nos deu a Bíblia, e não o contrário! Por último, é preciso perguntar por que todas as igrejas deveriam ser católicas? Claro que não, porque todas sabem que era a Igreja Católica que “nascia” em Antioquia, e era a Igreja Católica que estava sendo perseguida na estrada de Damasco! (At 26,1-23 e I Co 15,9).

domingo, 20 de agosto de 2017

Porque todas as igrejas deveriam batizar crianças...



Afora as razões alegadas pela Igreja católica, como aquela de entender a salvação INTEIRAMENTE DE GRAÇA para quem nem sequer começou a pecar, há uma razão teológica oculta na administração do sacramento aos pequeninos, pelo seguinte motivo. A salvação de Cristo é operada em duas frentes (o corpo e o sangue da Eucaristia, o corpo e a alma da ontologia, a caridade e a fé da teologia, etc.), a matéria e o espírito, e ambas são exigidas para corrigir a alma humana e purificá-la para que esta possa entrar SANTA no Paraíso dos santos. Assim sendo, e tendo Cristo instituído a Eucaristia na mesma equação matéria/espírito (para alcançar TODAS as almas e expor a estrutura material/espiritual do Céu), Ele sabe que uma criança é muito mais “levada” a influenciar-se e dedicar-se às coisas da matéria do que às do espírito, e por isso Deus não esperaria a chegada da maturidade para “seduzir” uma alma a batizar-se nas águas. Pelo contrário, vendo o quanto uma criança adora água, piscina e banhos, levá-las ao seu Reino oferecendo justamente aquilo que elas mais gostam seria o mínimo que Ele faria para repetir o “deixai vir a mim as minhas criancinhas”, pois no Reino Celestial são elas que brincam de nadar, mergulhar e salpicar água por todos os lados, em mares, rios e lagos, na companhia de peixes, tartarugas e hipopótamos falantes! Basta que façamos a seguinte comparação: converse sobre coisas do espírito com uma criança e veja a sua reação, que será sempre “meio enfadonha e sem graça” para elas; depois apresente um brinquedo ou uma bola e a convide para brincar: veja que sua reação será de êxtase e profundo entusiasmo, exatamente como se comportam as crianças do Paraíso e exatamente como Deus quer! - Logo, não faz sentido negar o batismo às crianças, QUANDO ELAS SÃO O MODELO PERFEITO de conversão que agrada a Deus e explicita o modus operandi da salvação que o Senhor deseja para todos nós, já que “se não vos tornardes como criança, não entrareis no Reino”. Agora, se um protestante ADULTO vai entender isso, eu duvido! Afinal eles foram doutrinados há vários séculos com a visão maniqueísta e bitolada de Lutero e seus seguidores (embora a Igreja Luterana aceita o batismo como sacramento e também batiza crianças!)... É isso aí. ASSISTAM ESTE VÍDEO NO SEGUINTE LINK:
https://www.youtube.com/watch?v=x3W1MNsdu08

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Perigo! De um Papa comunista se pode esperar tudo!



Além do erro “de origem” na renúncia do Papa Bento XVI, além do erro do populismo que relativiza todos os pontos fortes da Moral Cristã, além do erro catastrófico de considerar a Bíblia e o Alcorão equivalentes, e além de considerar o Islamismo como “similar” ao Cristianismo (porque ambos são monoteístas!), o Papa Francisco vem agora mais uma vez, com seu populismo irresponsável, reconhecer simplesmente que “Lutero estava certo”, dentro de sua tresloucada heresia (confira a patuscada NESTE link). Pior, a Igreja inteira, num estranho gesto de omissão inexplicável, queda-se muda diante de um líder que dá todos os sinais de ser um “Chico-comuna”, como nunca houve antes na história do papado!. Com efeito, o que parece estar necessitando de uma profunda compreensão é a atual visão católica das duas frentes da Teologia da Salvação, a saber, a Misericórdia de Deus e a misericórdia do Homem. Porquanto a primeira frente, por subsistir no coração de um Ser infinitamente justo, não pode prescindir da Moral judaico/cristã para estabelecer um limite mínimo razoável ao coração humano decaído, sob pena de ensejar a injustiça a habitar a Pátria Celestial, afrontando os corações puros e honestos das almas santas de Seu Reino. Isto significa que a Justiça de Deus não é cega e jamais faz vista grossa para deixar entrar criminosos no meio dos santos! Significa que ser cristão também é ser uma espécie de “separatista nato”, capaz de farejar a maldade e expulsá-la de sua presença como Deus expulsou satanás! O Papa, pois, deveria ser feroz e ferino no trato com terroristas disfarçados de religiosos, sobretudo os que chegam com turbantes e burcas!. A segunda frente é a doutrinária, na qual o Cristianismo original, preservado pelo Catolicismo romano, não pode sonegar ou manipular, mesmo que sua severidade faça escassear seus seguidores! Afinal, Jesus nunca se derreteu por multidões! Teve uma péssima experiência com uma delas e a ouviu em coro gritar “crucifica-O!”... Logo, não poderia ser um Papa “normal” aquele que, depois de 2000 anos, viria a dizer que a doutrina da justificação de Lutero estava certa, quando o monge agostiniano despedaçou a sã doutrina e relativizou a importância das boas obras, ensinando a heresia da salvação somente pela fé! Cruz credo!... Afinal, QUEM É este Papa Francisco? Teriam alguns tipos de cristãos razão em compará-lo ao antiCristo? A pensar...

domingo, 30 de julho de 2017

Até minha visão de mundo mudou após conhecer Olavo...



Clique na figura para ampliar e poder ler as frases...


Finalmente Deus suscitou um “profeta cristão” decente o suficiente para merecer este nome, e íntegro o suficiente para dizer palavrões e mesmo assim honrar a missão evangelizadora das almas! Sua sapiência e perspicácia a todos encanta e até pasma, por ser aquele tipo de inteligência cuja lógica irretocável derruba qualquer argumento contrário, tal como ocorria com CS Lewis, GK Chesterton e outros raros nomes da safra cristã moderna. Refiro-me ao mestre brasileiro Olavo de Carvalho, escritor e filosofo de primeira linha, capaz de encantar padres e pastores sem distinção, bastando para isso que sua audiência seja feita sem pré conceito e sem uma ideologia pré impressa na mente ouvinte. Aliás, em boa hora tomo a liberdade de escrever sobre ele, pois recentemente os cinemas brasileiros exibiram o primoroso “O Jardim das Aflições” – o qual peço a todos os nossos leitores que assistam –, no qual o professor Olavo é retratado em sua angústia existencial, quando percebeu, há mais de três décadas atrás, que havia sido enganado pelo Marxismo e outros ismos esquerdistas da era moderna, sendo despertado por Deus para pregar em contrário, tal como Jesus fizera com Paulo no caminho de Damasco. Após sua “conversão” à Direita (hoje já a entendo como a conversão real do Cristianismo), Deus lhe abriu os olhos e o fez ver que 100% do Mal do mundo – ou TODAS as maldades do mundo – são produto do Comunismo prático ou teórico, pois ambos atuam no planeta desde o seu início, porquanto a própria rebelião de anjos dentro do Reino de Deus foi uma obra típica das ideias de esquerda! Pior, em vista dessa abrangência pluridimensional dos meios de entrada e propagação do Comunismo, NADA escapou, absolutamente NADA escapou da influência insidiosa das ideias comunistas, incluindo aqui até a Noiva de Cristo, a Igreja Católica e suas irmãs desviadas, as igrejas “reformadas”. A coisa foi tão radical que o próprio Concílio Vaticano II, que nós mesmos víamos como um avanço considerado do Catolicismo em direção a um Cristianismo mais “apostólico”, não passou de uma manipulação diabólica dos cardeais da época (confira AQUI), os quais, como bêbados ingênuos, julgaram por bem “abrir” a Igreja de tal modo que botassem em risco até mesmo a Moral cristã e o depositum fidei, pilares maiores do legado evangélico. A ideia foi abrir a Igreja como uma galinha que acolhe TODOS os seus pintainhos sob as asas, desconsiderando a possibilidade de satanás “entrar na mente de um pintinho” e fazer sua pregação aos outros pintos, ao ponto de por em risco a segurança da própria Galinha! Com isso, a Igreja adotou de vez o populismo tresloucado da dominação comunista, acatando ideias tão perigosas quanto a Teologia da Libertação. E a coisa começou com um convite à igreja ortodoxa russa para alinhar-se ao Catolicismo, e a Rússia aceitou tal ideia DESDE QUE A IGREJA NO CONCÍLIO não abordasse nenhuma ideia de Direita ou anti-comunista, o que acabou arrefecendo e relativizando a “severidade” da Moral cristã, que Jesus julgou necessária para a conversão das almas! Enfim, ali o nefasto “progressismo” calou de vez o conservadorismo cristão, e assim toda a Revelação de Deus foi prejudicada e a salvação das almas relegada a um gueto de interpretação particular de meia dizia de fanáticos, os quais agora eram apenas fundamentalistas anti modernidade e inimigos da “liberdade” humana. “Estava decretado o fim do Cristianismo”, por assim dizer. Só nos resta gritar: “Volta logo Jesus!”... Maranata!

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Eis aqui outro caso que pode ser fraude, mas vale a pena falar


Clique na figura para ver com mais detalhes este "monstro" impressionante!

Uma misteriosa “parede subaquática”, que abrange praticamente todo um lado de nosso planeta, é encontrada no Google Earth! (confira AQUI). Mas será verdade?. Aqui, mais uma vez, não conseguimos localizar a “parede” em nosso Google Earth, mas confessamos não possuir um sistema de alto nível, num moderno computador de primeira categoria. Temos um modelo i5, com 12 giga de memória principal, e procuramos sempre “atualizar” nossos programas, inclusive o Google Earth. Entretanto, como nossos alunos já estão cansados de saber, é a NASA (e por extensão a CIA e o NSA) quem determinam, no frigir dos ovos, aquilo que pode ser divulgado ao grande público e aquilo que só os chefões podem ver. Neste caso, acreditamos que a tal “parede subaquática” deverá estar bem visível nos “subterrâneos” das agências governamentais, e principalmente nos computadores do Pentágono e da USAF (o mesmo vale para a KGB e Forças Armadas russas). Mas por que uma parede daquelas deveria ter sua divulgação proibida? Ora, não há qualquer dúvida aqui: se houver de fato uma CONSTRUÇÃO INTELIGENTE daquele tamanho no fundo do oceano, e varando toda a Terra, não há mais nada a fazer a não ser ir a público e gritar, aos 4 ventos, que A TERRA NÃO NOS PERTENCE, e que nós somos, na verdade, meros inquilinos de um globo alheio, onde seus verdadeiros donos estão à espreita e a aguardar a ordem final de despejo! Você duvida que seja esta a realidade, ou está duvidando apenas da parede? Eu fico com a segunda. Tenho dúvidas da parede porque não a encontrei, embora meu Sistema seja “pobre” (alguém poderia procurar, entre nossos leitores, e, se encontrar, escrever para nós e nos dar a “boa notícia”: escreva para eatjvs@gmail.com e nos dê esta honra). Todavia, não temos nenhuma dúvida de que o Planeta Terra NÃO PERTENCE a humanos, e seus verdadeiros donos estão ou no inferno ou no Céu (tenho leve inclinação a aceitar mais a primeira hipótese do que a segunda, pois foi aqui que o demônio foi aprisionado em cadeias eternas e aqui sucumbirá, quando enfim será reduzido à sua insignificância de verme naquela latrina chamada “Lago de Fogo”). Eis a charada. Se a parede existir, foi gente do inimigo que a construiu, ou gente que o inimigo destruiu por afogamento. Se foi construída antes do Dilúvio, que pode tê-la afundado, isto provará que uma civilização super inteligente morou na Terra antes de Adão e Eva, e talvez fosse ela os primeiros donos de Tellus. Enfim, mais um portentoso mistério para nossas investigações ou sadias inquietações de amantes do Mistério! Que Jesus seja louvado!

segunda-feira, 10 de julho de 2017

É a existência de vida inteligente em Marte que motiva todo o Cover-up


Imenso "tapete camuflador" foi colocado no Google Earth sobre extensas construções geométricas...

Esta Escola não tem qualquer dúvida ou mesmo constrangimento nas investigações e análises das revelações que estamos tateando há décadas em inúmeras fontes, desde que alcançamos certeza de que Dr. CS Lewis jamais escreveu uma obra de ficção, e muito menos negou a manipulação da Mídia para deixar certas verdades longe dos olhares da sociedade! Para nós, importa ter conhecido a realidade espiritual das crenças de Lewis em relação aos temas por nós abordados, e as insinuações forçadas –“com aparência de lealdade relutantemente consentida” – de seu biógrafo Walter Hooper em relação aos pontos mais decisivos de suas supostas “criações”. Na verdade, tudo indica que Lewis não viu maiores razões para escancarar de vez certos segredos que poderiam abalar e mudar o mundo, naquele sentido mais perigoso que suas próprias narrativas apontaram, a saber, a da chegada ao mundo de um tirano de tal ordem que nenhum cristão “consciente dos segredos” (segredos da Magia de Deus, certamente, ventilados de passagem por George MacDonald em sua “ficção” menos fictícia, por se tratar de uma aventura real onírica de Lewis) deveria permitir que viesse a conhecer o Poder Real das Trevas, que Lewis chamou de “Palavra Execrável” (PE) nas Crônicas de Nárnia. Mas isso talvez só vigorasse ou só tivesse sentido em se manter até o advento da Internet, quando todos os conhecimentos humanos viajariam instantaneamente entre todo mundo e mais cedo ou mais tarde aquele tirano diabólico iria ter em mãos a PE para perseguir e torturar cristãos. Este dia chegou. Estamos em plena efervescência da WEB, e o antiCristo já fareja o humilde cristão portador da sua PE técnica, submissa e íntima. Qual cristão seria este? Onde ele está escondido? Ninguém sabe, a rigor. O que nós desta Escola desconfiamos é que seu segredo tenha algo a ver com a vida inteligente em Marte, e não apenas porque Lewis insinuou isso, mas por causa do brutal segredo que a NASA faz de tal revelação, que só pode por isso esconder muito mais que o mero encontro de terráqueos e marcianos. Isto posto, e para encerrar, oferecemos aos nossos leitores uma série de dicas de fontes de pesquisa neste mister, com breves comentários nossos. São elas:
(1) Vejam isso: “Cidades camufladas e rodovias em Marte?”: Este vídeo é impressionante! Nós conseguimos comprovar, dentro do próprio 'Google Earth', toda a camuflagem de entradas e edifícios pela NASA, e faremos um vídeo com a resposta dada pela fonte acerca das “rodovias” (confiram! Imperdível!):
(2) Inmensa Formación Triangular en Marte:
https://www.youtube.com/watch?v=IJgQqnD6kYc
(3) Una Enorme esfera descubierta en la superficie del Planeta Marte:
(4) ¿Sabe usted qué hace esto en Marte?:
(5) Finalmente, noutra boa sacada de Lewis (“O Cinturão Lunar”), esta fonte pergunta: “Estaria a raça humana vivendo num Planeta Prisão?”: https://www.youtube.com/watch?v=sHT3yJZwjkk

domingo, 2 de julho de 2017

Perdão: a “prova cabal” da vida inteligente em Marte era falsa


Clique para ampliar: alguém duvida que isto sejam árvores???

Sem se referir à decepção de verificar uma suposta prova de vida inteligente em Marte de origem humana, e sem lembrar que CS Lewis nos contou que os anjos de lá garantiram que “homem algum chegaria a Marte depois da saída de lá do Dr. Fischer King”, fomos ingenuamente levados a crer que uma fotografia nítida do Google Maps da superfície de Marte poderia ser 100% verdadeira, como o constatamos em muitas outras, das quais obtivemos provas contundentes, do mesmo Canal de Vídeo que agora nos abriu os olhos (e justamente por isso vimos ao nosso público agora com nossas mais doloridas escusas), a saber, o Canal “Mundo Dosconocido punto ES”. Isto posto e sem delongas, corremos para apagar o incêndio e pedir aos nossos leitores que assistam ao último vídeo daquele digno Canal para acompanhar de perto o motivo de virmos a público com as nossas desculpas. O vídeo em questão é ESTE AQUI e ficaremos mui felizes se todos o assistirem integralmente. Por último, lembramos aos irmãos e amigos que esta Escola já possui provas da vida inteligente em Marte, as quais já foram todas fornecidas por nosso Blog, Site e Canal, como bem sabem todos os que nos acompanham de longa data. Uma simples consulta em nosso menu de pesquisas abrirá uma série de links onde a vida inteligente em Marte desfila altaneira, como os amigos podem conferir nos links seguintes, na certeza de que a decepção com a “brincadeira de mau gosto” do Google enganou a muita gente bem intencionada, e não nos eximimos de constar entre aqueles mais ingênuos neste mister. Finalmente, os amigos devem saber, NÃO FORAM AS “PROVAS” externas ou científicas que sempre nos motivaram a apostar e enxergar a realidade da vida inteligente em Marte, mas sim a nossa confiança incondicional na veracidade dos relatos do Dr. Fischer King revelados por CS Lewis, homem da mais irrestrita confiança desta Escola. Foi Lewis quem nos garantiu ser Marte inviolável pela Humanidade, ou pelo menos que quando qualquer veículo tripulado dali se aproximar, ninguém menos que Jesus Cristo estará também chegando (voltando) à superfície de Tellus! Aleluia! Maranata!
(1a) Prova de vida em Marte: Clique AQUI.
(2a) Prova de vida em Marte: Clique AQUI.
(3a) Prova de vida em Marte: Clique AQUI, para ficarmos somente em 3 exemplos. Se o leitor quiser ir mais longe, todos os links oferecem outros links de provas, e o Canal AQUI citado também pode ser pesquisado, pois o mesmo já publicou pelo menos 20 vídeos sobre provas de vida inteligente na terra de Oyarsa.

sábado, 1 de julho de 2017

Farsa na chegada do Homem à Lua em 1969?



Sim, amigos e visitantes. Já tivemos contato com dezenas (senão centenas) de provas de que o Homem não chegou à Lua em 1969, e como tudo o que vem de Deus, as provas se acumulam e só crescem, de tal modo que agora já não há mais espaço para especulações e achismos. Para que nossos leitores não fiquem de mãos vazias ante essas declarações aparentemente “vazias”, forneceremos dois vídeos bombásticos sobre esse tema, os quais deverão ser assistidos tão logo o leitor encerre esta leitura (os links para tais vídeos serão apresentados ao final deste texto). Pois bem. O problema é que, embora não possamos discordar da chegada do Homem à Lua em 1969, não poderemos jamais descartar as “revelações” da Ufologia, que hoje em dia já contam com testemunhos os mais fidedignos, como ocorre com a palavra do ex-ministro da Defesa do Canadá, Paul Hellyer, e outras personalidades sérias e honradas de outros ramos de atividade. Ora; o que aconteceu foi que, após a “promessa” de JFK de que os americanos chegariam à Lua em 1969, o governo da ocasião se viu prensado contra a parede e contra a opinião pública, tendo que dar uma satisfação à altura da palavra de Kennedy, o que inexoravelmente desembocou na única saída possível. Ou seja: dada a impossibilidade técnica de tal feito em 1969, o Governo teria que arquitetar uma farsa para enganar o mundo inteiro e principalmente os russos, embora já tivessem certeza de alcançar a Lua alguns anos à frente. De fato, já temos certeza e boa margem de exatidão ao afirmar que o ser humano só chegou à Lua em 3 ou 4 de Fevereiro de 1971, fazendo a alunissagem com o módulo lunar Antares, da nave Apollo 14. Logo, os homens que primeiro botaram os pés na nossa bela Lua foram Edgar Mitchell e Alan Shepard. Aliás, o primeiro, que se tornou ferrenho defensor da Ufologia desde então, jamais arvorou-se a alcunha de 1º Homem a pisar na Lua, como que tentando reforçar a farsa do fracasso dos voos anteriores, e apenas se ateve a dizer que “havia outros seres na Lua quando chegamos” (vide sensacional entrevista de Mitchell NESTE link). E por que só a Apollo 14 chegou lá? Tudo indica que problemas técnicos impediram o voo ou os fizeram fracassar, como ocorreu com o malogro da Apollo 13 que todo mundo conhece. E como se sabe que as Apollos 14, 15, 16, 17... (etc.) chegaram lá? Sabe-se, por conta da Ufologia, que traz as narrativas dos astronautas das missões seguintes, e também relatos de abduzidos, cujos ETs lhes contaram sobre “inimigos” morando na Lua (sem falar em inúmeros vídeos na WEB onde monumentos e construções inteligentes desfilam no solo lunar, o que dá a resposta para a última pergunta): Por que os americanos não voltaram à Lua? Porque os ETs que lá vivem proibiram a volta de humanos ao nosso satélite natural, por conta de sua avançada tecnologia anti-terra “que servirá na batalha final do Armagedom e precisa de privacidade”, pode? Pois é isso mesmo: por mais prosaica e rocambolesca que seja essa resposta, aí pode estar a verdade que esclarece o título deste post. Assista agora os vídeos supracitados: (1) O Homem alguma vez foi à Lua? ; (2) "Kubrick" abriu o bico e contou tudo! . Durma-se com um barulho desses!