SALA DE LEITURA DA EAT

SALA DE LEITURA DA EAT
Vê-se CS Lewis no Quadro Central, ladeado por seus livros, o Busto de MacDonald à direita e a "Vela do Saber" acesa.

sábado, 12 de janeiro de 2019

Proteção Total a Vênus: Prova de Vida Inteligente por lá!

Uma série de observações diretas dos arredores do Sol feitas pelas “sondas solares” SOHO, COR1,2, SECCHI, Helioviewer e outras faz cair o queixo dos lewisianos: “Vênus está sendo sistematicamente protegida”. Perelandra surge dourada no horizonte!

CS Lewis sem dúvida “estremeceu no túmulo”, por assim dizer. Ou está de queixo caído, lá mesmo no Céu, entre os santos. Mas se ele estivesse vivo entre nós nesta época palpitante de alta tecnologia de observação astronômica, Lewis certamente diria como disse Simeão: “Agora, Senhor, despede em paz o teu servo, porque os meus olhos já viram a tua salvação” (Lucas 2,28-31). Esta é pelo menos a minha sensação interior em relação à estupefação de Lewis, e é ela que quero compartilhar com quem tem “ouvidos de ouvir”, ou com quem esteja, no presente momento, “preparado para se aprofundar mais no assunto”.
Para começar, devo sugerir que o leitor procure entrar no site da NASA, numa seção própria de “Satélites de Observação do Sol”. A ESA também oferece acesso às mesmas sondas. Porém, se o leitor quiser encurtar caminho, peço que entre no Canal do Youtube chamado “Olhos no Céu”, do arguto, lúcido e humilde pesquisador Handerson, o qual pode ser acessado clicando NESTE link. Nesta experiência de pesquisa individual, o leitor também vai estupefar-se, ou estupidificar-se, diante do que a NASA, “casual ou propositalmente” (mais tarde explico isso), deixa vazar para o olhar leigo das massas, Deus sabe lá como!
Com efeito, como explicar que a NASA esteja indo na contramão do Cover-up ufológico? Ou como entender que aquela Agência tão obediente ao “EMFA” esteja remando contra a correnteza de segredo de Estado sobre a vida extraterrestre, o qual é obrigatório por força de LSN (Lei de Segurança Nacional)? Sei não. Há um grande imbróglio aqui. Mas vou arriscar um palpite sobre esta questão agora.
Continue lendo NESTE link e assista os vídeos sugeridos ali. Você vai ficar impressionado. Fique com Deus! Maranata!

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

“Semana Lewis 2018”: Despedida, "há exatos 55 anos"...


Já se foram exatos 55 anos que o coração físico de CS Lewis, nosso maior mestre humano e por nós considerado um 13º apóstolo, parou de bater numa madrugada fria do Reino Unido, deixando “órfãos” uma galeria incontável de fás em todo o mundo, galeria essa que ele nunca imaginou crescer tanto, até porque nunca “previu” que suas “Crônicas de Nárnia” chegassem tão longe, alcançando o “cinema rico” por meio de uma megaprodução e conquistasse tanta gente, desde meninos a adultos, num dos maiores fenômenos de bilheteria da história do cinema moderno. Eis o legado universal de Jack, o qual ressoará como orquestra de anjos na entrada do Paraíso, para todo olho ver. No dia 22 de novembro de 1963, seu coração físico parou de bater, e seu coração extra físico – sua alma imortal – subia à Glória após toda a santificação que Jack permitiu ao Espírito Santo operar em si, e assim chegava ao Céu aquele que Deus fez o maior intérprete das Escrituras Sagradas além dos autores canônicos. Com efeito, é neste dia 22 de Novembro que a “comunidade Lewis mundial” inicia a chamada SEMANA LEWIS, certamente acompanhada por um coral de anjos que já louva por todo o sempre ao Cordeiro imaculado, e com os quais teve contatos em sua vida física, revelados em sua extraordinária “revelação” batizada de “Trilogia Espacial”. Com efeito, aqui em Tellus, nos juntamos ao coral de anjos para render homenagens ao nosso mestre, comemorando mais uma SEMANA LEWIS entre os lewisianos brasileiros mais caros, como o Pr. Antônio Maltos, o Prof. Eridam Junior, o irmão Valtemar, as “resenhistas” Nany de Castro, Paula Marisa, Claire Scorzi e Beatriz Back, o escritor Glauco Magalhães, a mestra Gabriele Greggersen e todos aqueles que amam Lewis e que aparecem “do nada aos montes”, para resumir tudo numa só frase. Nesta Edição da SEMANA LEWIS, abordamos “curiosidades inquietantes” nas obras de Jack, sobretudo coisas que geralmente escapam ao olhar “distraído” do homem moderno. Que esta SEMANA LEWIS tenha sido santa e abençoada para toda a crescente legião de fãs de nosso mestre. Viva Lewis para sempre!

terça-feira, 27 de novembro de 2018

SEMANA LEWIS 2018 – Aslam está presente em tudo exatamente como Deus

O Verdadeiro “rei-Leão” que Lewis nos apresentou nas “Crônicas de Nárnia”, está presente em tudo, ou em todos os lugares, tal como o Salmo 139 descreve a onipresença do Criador. E não é possível “ler” Aslam sem este viés, do contrário a “mitologia” das “Crônicas de Nárnia” fica prejudicada, e a Teologia Cristã adulterada. E assim, oferecendo-nos este meandro de pensamento, Lewis nos abre a porteira da Verdade transcendental de suas inspirações literárias, deixando claro para o leitor cristão que está diante de um escritor no espírito dos apóstolos, ou no quilate dos autores canônicos. De posse desta verdade “lewisiana”, nossos olhos se abrem para onde Lewis aponta sua inspiração, e passamos e enxergar Lewis em toda parte, obviamente, não o homem CS Lewis, mas os sinais das verdades por ele transmitidas, bem como suas descobertas, suas personagens e até suas interjeições. Por exemplo: nas ‘Crônicas’, Lewis nos apresenta um oceano – ou os oceanos – de Nárnia com todo o seu esplendor, sobretudo nas viagens do outro “Esplendor” (o maravilhoso “barco-pirata” de “Viagem do Peregrino da Alvorada”, chamado “Esplendor Hialino” - V. figura ao lado: clique para ampliar), 

e naqueles mares ele não se furta a adicionar antigas personagens das lendas terrestres, como as sereias e os tritões. Amante inveterado de folclores, lendas e enigmas, Jack colore suas narrativas com as cores encantadoras das crianças ou que encantam crianças, e deixa entrever que os antigos “rumores marujos” acerca de sereias pode não ser tão folclórico assim, dando terreno para que seus leitores amadurecidos pesquisem noutras fontes sobre “estranhas aparições”, não excluindo nem mesmo a ciência cética da pós modernidade. De fato, há razões para crer que muito daquilo que a Humanidade chama de “lenda”, pode na verdade esconder uma realidade perdida na noite dos tempos, quando o Criador de nosso planeta, pensando em proteger tais criaturas, as afastou para dimensões ainda ocultas do nosso atual estágio tecnológico, cuja “calmaria” pode estar com os dias contados (como Lewis revelou ao longo das Crônicas e da Trilogia), quando a Ciência descobrir um verdadeiro “stargate” nos subterrâneos do “Colisor de Hádrons”. Neste mister, há um documentário sensacional para dar início a uma boa pesquisa neste rumo (Clique AQUI: infelizmente está em inglês) e ali ficamos sabendo que a inteligência dos golfinhos foi ‘estimulada’ por ensinamento direto de uma “lenda viva habitante dos mares”! 
Hoje os golfinhos parecem retribuir o ensinamento, apontando cardumes para pescadores e vice-versa. Enfim, encontramos uma estranhíssima figura na Internet onde Aslam parece ser o verdadeiro mestre das sereias, ensinando a elas como escapar da sanha exploratória da Ciência, ao mesmo tempo que pode indicar que Ele desce ao mais profundo do abismo para salvar uma alma que estava se “afogando”! Neste caso, é o leitor quem escolhe qual das duas versões lhe agrada mais. Mas ambas agradam Lewis!

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

SEMANA LEWIS 2018 – Cristocentrismo é a Centralidade de Aslam


O Verdadeiro “rei-Leão” que Lewis nos apresentou nas “Crônicas de Nárnia” possui, em corpo, mente e espírito, a figura central do Jesus Cristo terrestre, naquilo que em Teologia chamamos de “Cristocentrismo”. Aslam é sempre coroado da mais alta posição, no ápice da mais elevada hierarquia, tal como um “imperador de Além-mar” é empossado com as mais nobres condecorações e honras militares! “Ele não é um leão domesticado”, repetem sempre os seus diletos narnianos. No Planeta Terra Jesus iluminou para sempre a cruz, antigo símbolo de maldição e morte, e a elevou à honra de ser o ícone da salvação gloriosa oferecida por Deus-pai a todos os pecadores, seja ela refletindo a luz do amor incondicional que se doa por inteiro, seja ela refletindo a dor necessária a pagar os pecados daqueles que se arrependerem e jamais voltarem a praticá-los. No Planeta de um país chamado Nárnia, o “rei-Leão” também iluminou ‘a sua cruz’, a saber, uma mesa de pedra que acorrentava uma antiga maldição a ser quebrada por um justo que sobre ela morresse! Com efeito, tanto a expressão “mesa de pedra”, quanto as mesas de pedra em geral, nunca mais foram as mesmas naquele Planeta de Animais Falantes, e uma mesa daquelas passou a refletir não a antiga maldição, mas agora a bênção inefável da vitória de Deus contra a Maldade-pessoal. A partir da revelação lewisiana da vida em Nárnia, o Planeta Terra também passou a receber a expressão “mesa de pedra” com um estranhíssimo toque nostálgico (como estranho é a nostalgia com a expressão “casa mal-assombrada”), e deve haver lugares no Ocidente onde uma mesa de pedra chama a atenção de quem quer tenha nascido a partir das “Crônicas de Nárnia”. Eis aqui mais uma grande contribuição de Lewis ao espalhamento cósmico da “fama” de Jesus Cristo, que agora fez ecoar nos espaços longínquos a estranha história de um Leão esfaqueado sobre uma mesa, e de como os ratos começaram a falar após O terem libertado. Quem andou estudando o Multiverso, na Astronomia e na Física Quântica, como estudaram Michio Kaku, Brian Greene e Max Tegmark, já deve saber que as “histórias” de salvação operadas por Cristo (João 21,25) já chegaram a universos nunca dantes imaginados, muito além do que “captou” Lewis quando “viu” Nárnia pela primeira vez, numa tampa de caixa de bombons. Que a visão de Lewis possa ser a nossa visão! Que então vejamos sempre a centralidade de Cristo EM TODOS os universos!

sábado, 24 de novembro de 2018

SEMANA LEWIS 2018 – “Aslam e Suzana”...


Nosso mestre CS Lewis também nos deu lições preciosas da Moralidade cristã, até mesmo nos aspectos relativos à indumentária adequada ao modus vivendi cristão, e usou como modelo a personagem SUZANA PEVENCIE, a princesa Suzana, que reinou em Nárnia nos bons tempos pós derrota de Jadis, a Feiticeira-branca que depois mostrou-se “verde”, nua e crua, em “A Cadeira de Prata”. Suzana chegou em Nárnia pela primeira vez levada, quase que “a força”, por uma brincadeira cruel de Edmundo, seu irmão, o qual, agindo a mando de satanás, decidiu zombar até o fim de sua irmã caçula, Lúcia, que dizia ter encontrado um mundo mágico dentro de um guarda-roupa. Movidos pela correria de fugir dos criados severos da enorme casa de campo do Sr. Digory Kirke (este Sr. já tinha conhecido Nárnia - Livro "Os anéis mágicos" - e até, pode-se dizer, representaria o próprio espírito de Lewis em sua casa de campo misteriosa), os quatro meninos acabam “caindo de paraquedas” em Nárnia, e ali iniciam a saga épica para derrotar Jadis. Todavia, após derrota da bruxa e a vitória de Aslam, e após os benditos anos do Reinado dos "quatro reis da profecia narniana" (na pintura em aquarela abaixo, a "nobre arqueira" nos bons tempos ao lado de Aslam),
...Suzana volta à Inglaterra e experimenta uma “queda da Graça”, caindo nas tentações da vaidade e da vulgaridade, como ocorre com uma infinidade de “filhas de Eva” em nosso mundo (a foto-tema do título deste post mostra a Suzana já tentada pela “vaidade”, ou melhor, vacuidade, com um vestido que suscita sinais de sua “ilusão diabólica”).
Abaixo outro momento (talvez o derradeiro na escalada da perversão) em que a vaidade, levada até às últimas consequências, pode produzir a irresponsabilidade social, o relativismo moral e até a lascívia carnal, com a qual os demônios alcançam a vitória final sobre suas vítimas. (Suzana aqui já nem se importa com a exposição de sua "carne", fugindo iludida nas costas de um Unicórnio narniano, talvez um primo-bisavô de "Precioso": clique nas figuras para ampliar:).
Não esquecer que Lewis, conquanto tenha apontado o orgulho como o maior de todos os pecados, nos fez ver que o estopim, ou o trampolim para a soberba, é a vaidade, aquela exposta por Salomão em Eclesiastes 1,2. Para nós fãs ardorosos de Jack, fica a certeza do infinito número de lições possíveis para nossa instrução ao final de cada leitura de livros de Lewis! Viva Lewis!

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

SEMANA LEWIS 2018 - Aslam e as Crianças


Nesta época de tão profundos desrespeitos à infância e à inocência das crianças, herdeiras absolutas do Reino de Jesus e com entradas garantidas por Ele mesmo, viemos iniciar a SEMANA LEWIS 2018 com um breve comentário sobre este tempo atual, no qual os desmandos do Comunismo e da “Nova Ordem Mundial” estão a tentar quebrar todos os alicerces morais do Ocidente, para horror de todo o povo Conservador e cristão (maioria absoluta neste lado do globo) e para preocupação do próprio Lewis se ainda estivesse conosco assistindo nossos jornais. E nada melhor para ilustrar a situação das crianças nestes tempos derradeiros do que conversar sobre a divina providência em favor dos pequeninos, com “blindagens” especiais de suas alminhas inocentes, as quais, embora possam sofrer dores físicas nestes tempos loucos, não têm jamais a sua entrada no Paraíso questionada e muito menos obstaculizada, pois Lewis, Pedro, ER e o próprio Aslam as recebem de braços abertos, apontando os verdes pastos para sua Alegria infinda. Na imagem acima, o seu autor pode ter retratado uma cena deste próprio Planeta em estado terminal, na qual se vê à esquerda a postura imponente do “Leão Gigante”, tranquilo e feliz ao contemplar suas crianças protegidas, apesar do cenário apocalíptico de um sol moribundo e de céus queimados pela queda de elementos (asteroides e cometas) lançados à Terra pela passagem de Absinto. As crianças, ao contrário, que não conseguem enxergar o incêndio do céu por via de sua inocência, aproximam-se de Aslam diariamente em suas orações e rezinhas, ao iniciar seu sono, com as quais são visitadas pelo Anjo da Guarda enviado por Aslam. Finalmente, pode-se ver na figura que há também uma estranha energia escura ao lado do sol moribundo, e também ondas de maré de fogo a subir o continente, mas com seus elementos cumprindo a vontade profética do Criador, aquele que preparou o Grande Dia da Vingança do Senhor. Na visão perfeita desta “outra vestidura de Cristo” chegada à mente de Lewis, este certamente aplaude o autor desta imagem, numa inspiração digna de um lewisiano purista da melhor estirpe, com a qual seus fãs o adicionam à galeria de “filhos de Lewis” em um memorial eterno. Enfim, a infinita beleza da Criação estará na contemplação, realizada no Paraíso, de todas as artes humanas que reconheceram em Lewis o maior porta-voz do Altíssimo na Era Cristã.

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

“Semana Lewis 2018” daqui há exatos 30 dias...


Aproxima-se jubiloso o início de mais uma SEMANA LEWIS, esta agora comemorada neste trevoso ano de 2018, ou seja, há exatos 55 anos da “páscoa” de Lewis, sua passagem para a Glória. Como sempre comemorada entre os dias 22 a 29 de novembro, trata-se de evento dos mais promissores e particularmente alegres na vida de seus milhões de fãs em todo o mundo, sem contar seus estudiosos e pesquisadores “não declarados” (aqueles que pesquisam Jack em segredo). Promissores porque pesquisar Lewis, em público ou em segredo, é uma das atividades mais recompensadoras da "investigação literária", uma vez que a leitura atenta das obras e missões de nosso mestre sempre faz aparecer “coisas novas e ocultas que não sabes” (Jr 33,3), tal como acontece com a leitura da Palavra de Deus. Com efeito, há ótimas razões para se pesquisar Lewis em público, mas também em segredo, e neste particular extraímos grandiosas contribuições às nossas crenças pessoais e até à Teologia Fundamental desta Escola, como nossos alunos podem constatar a cada publicação nossa, seja em notas, artigos, livros ou vídeos, e a Internet aqui tem o papel crucial como ferramenta de Deus para a divulgação da Verdade. Aliás, tendo em vista o “conluio global de silenciamento da verdade” imposto ao planeta inteiro pelos governos a serviço da Nova Ordem Mundial, qualquer pesquisa secreta ganha em qualidade e cresce exponencialmente, sobretudo quando a fonte pesquisada é Lewis, o gênio cristão literalmente falando. A propósito, foram justamente as pesquisas “secretas” em Lewis que abriram as portas para a realidade subjacente contida na Ficção, e não apenas ganhou o negócio de publicações e editoras, mas principalmente o benefício da Evolução do Pensamento, que obrigou todo o Cristianismo a rever-se e requalificar-se na sua abordagem do mundo, mundo agora 100% secularizado e dirigido pelo inimigo de Deus. Em CS Lewis, nem a Medicina, nem a Sociologia, nem a Biologia, nem a Psicologia, nem a Astronomia, nem a Cosmologia nem outras ciências se mantiveram incólumes às revelações ensejadas pela visão lewisiana da realidade, e o futuro necessariamente terá que ser “lewisiano” na concepção e na compreensão, sob pena de amargar um pesadelo horrível no meio da “escuridão”. Como se pode ver pelo atual Cartaz ou “Outdoor” comemorativo desta SEMANA LEWIS nesta Escola (foto acima), a tônica ou prioridade do Evento deste ano serão as publicações de Lewis que tratam da Parusia (a volta de Cristo), fazendo uma espécie de coleta minuciosa para encontrar tudo o que Jack "revelou" nas linhas e entrelinhas de seus livros. Esperamos contar com o tempo e a atenção de todos os seus fãs. Viva Lewis para sempre!

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Um amanhã cheio de Luz!


Para que Donald J. Trump tenha carta branca para agir em breve contra a esquerda na Venezuela, ele terá que fazer acordos com quem mais financia a indústria bélica para o ditador Nicolás Maduro; no caso, a Rússia de Vladimir Putin; e o jogo na América Latina contra a esquerda (os “amigos”) tende a mudar daqui pra frente, ao visitar Vladimir Putin “em casa”, esta semana.
O tempo é muito precioso para salvar o povo da Venezuela deste tirano, que agora vai ficar sozinho sem o apoio russo! Putin não trocará a aliança com Trump por qualquer proposta de Nicolás Maduro, um mero ignorante de quinta categoria, agora sem qualquer respaldo financeiro para qualquer tipo de “troca” com quem quer que seja! É mais seguro aliar-se com quem garanta uma “segurança monetária” duradoura, do que com babacas, tiranos e psicopatas, como é o caso de Nicolás Maduro, Raul Castro e Evo Morales da Bolívia. Agora o verdadeiro jogo de xadrez começa, e o jogo vai andar a favor do Rei Branco!
E o Brasil? Como fica neste jogo complicado, hem? Bem, o Comunismo no Brasil, se tudo caminhar como Trump quer, já era, e os países babacas que queriam a qualquer custo implantar o Comunismo por aqui (algo que nunca funcionou em nenhum lugar do mundo), vão ter que esquecer ou esperar a volta de Cristo para ver em ação o plano da verdadeira “Pátria Grande” (a Pátria Celestial dos salvos de Jesus!)...
Então agora eu sento feliz para ver, de camarote, o fim trágico de Nicolás Maduro, Evo Morales e toda essa corja (todos os comunistas da América Latina, em especial assistir à tristeza de PT, PMDB, PSDB, Psol, PCdoB e outros partidos de merda da Esquerda!). Enfim, Deus abençoe os Estados Unidos da América! God save America! Viva Trump!

sábado, 5 de maio de 2018

Perseguição final às igrejas é sinal da Volta de Jesus!


A partir deste tempo presente, ser cristão (católico ou evangélico) na Bolívia é crime. A Esquerda é assim, igual ao antiCristo. Nos países comunistas, perseguem os cristãos e destroem a família, com regime de tortura, perseguição e escravidão. Quem achar bom, deveria ir morar lá! O presidente da Bolívia, o corrupto índio Evo Morales, decretou que as práticas evangélicas e evangelísticas são ilegais no país e quem for pego praticando o evangelismo vai ser detido! As igrejas do país já decretaram estado de emergência e emitiram um pedido de ajuda através de orações! (O vídeo acessável pelo seguinte link é de uma TV Boliviana: clique AQUI). Com efeito, o que está atrasando a tomada de decisão por parte das igrejas? Será a velha preguiça da exortação de Salomão? Será o comodismo do povo alienado do Brasil? Será a tirânica coleta de dízimos da Teologia da Prosperidade? Ou será a diabólica descrença na profecia do Apocalipse? Enfim, o sinal apocalíptico que está às nossas vistas é o mais “bíblico” e teológico possível, a saber, a perseguição à igreja, predita pelos apóstolos e pelo próprio Jesus (João 16,1-2; Mateus 24,9-12; Lucas 21,12-19; etc.), e esta perseguição já chegou à América do Sul, em país vizinho do Brasil, e em breve o Comunismo Brasileiro nos imporá tal desgraça, pelo menos se as igrejas em peso não se levantarem (ou melhor, se não convocarem seus fiéis a uma ação de rua, orquestrada para protestar sem parar, até que o Governo Comunista seja deposto!). Finalmente, as profecias batem à nossa porta e os crentes são chamados, por enquanto pelos nossos irmãos bolivianos e venezuelanos, à prática do bom combate vivo contra os principados e potestades do inimigo que querem fazer deste planeta um inferno antes da volta de Jesus. Maranata!

sexta-feira, 30 de março de 2018

Novo Grupo do “WhatsApp” tem nome rico de sentido

CLIQUE na figura para ampliar e ler melhor

“Estamos fundando um novo Grupo chamado ‘Pé de Tropa’!”: Quem vem?
(ABRE ASPAS) Um novo Grupo de Intervencionistas surge no WhatsApp. Eles fazem parte do Grupo “INTERVENÇÃO MILITAR CEARÁ” (o IM-Ce) e vem somar aos nossos esforços mais um grito de alerta e mais um pedido de socorro às FFAA, que tanto precisam de nosso apoio virtual, quanto presencial. É um Grupo que lutará primeiro externamente, por defender com unhas e dentes a INTERVENÇÃO MILITAR como única saída para o inferno em que o Comunismo transformou o Brasil, e depois internamente, por se pautar em REGRAS RÍGIDAS de funcionamento, sem as quais qualquer mínimo esforço de união irá por terra, como provaram todas as outras experiências que tivemos em grupos de WhatsApp. As regras serão dadas individualmente a cada participante na primeira “chamada”, e os mesmos serão advertidos desde o 1º instante a que só aceitaremos uma única vez no descumprimento das regras, sendo a reincidência ocasião para expulsão do Grupo. Finalmente, sejam todos bem vindos ao novo Grupo. “Pé de Tropa” seremos nós, com nosso “pé forte” lutando pelo “braço forte” do Exército! E se seus inscritos quiserem entender de outro modo, poderão nos chamar de “Grupo que Pede Tropa para salvar o Brasil!”. Selva!!! (FECHA ASPAS). Finalmente, em João 15,1-7, Jesus disse o seguinte:

1 Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor.
2 Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda.
3 Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado;
4 permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim.
5 Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.
6 Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora, à semelhança do ramo, e secará; e o apanham, lançam no fogo e o queimam.
7 Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito.
Neste caso, convidamos todo mundo a se unir e se fixar ao nosso “PÉ de Oliva”, assim como se filiaram à Videira Verdadeira que é Cristo.

O vídeo relativo a este post é o seguinte:
https://www.youtube.com/watch?v=LiS5NBkAVw4