SALA DE LEITURA DA EAT

SALA DE LEITURA DA EAT
Vê-se CS Lewis no Quadro Central, ladeado por seus livros, o Busto de MacDonald à direita e a "Vela do Saber" acesa.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Perigo! De um Papa comunista se pode esperar tudo!



Além do erro “de origem” na renúncia do Papa Bento XVI, além do erro do populismo que relativiza todos os pontos fortes da Moral Cristã, além do erro catastrófico de considerar a Bíblia e o Alcorão equivalentes, e além de considerar o Islamismo como “similar” ao Cristianismo (porque ambos são monoteístas!), o Papa Francisco vem agora mais uma vez, com seu populismo irresponsável, reconhecer simplesmente que “Lutero estava certo”, dentro de sua tresloucada heresia (confira a patuscada NESTE link). Pior, a Igreja inteira, num estranho gesto de omissão inexplicável, queda-se muda diante de um líder que dá todos os sinais de ser um “Chico-comuna”, como nunca houve antes na história do papado!. Com efeito, o que parece estar necessitando de uma profunda compreensão é a atual visão católica das duas frentes da Teologia da Salvação, a saber, a Misericórdia de Deus e a misericórdia do Homem. Porquanto a primeira frente, por subsistir no coração de um Ser infinitamente justo, não pode prescindir da Moral judaico/cristã para estabelecer um limite mínimo razoável ao coração humano decaído, sob pena de ensejar a injustiça a habitar a Pátria Celestial, afrontando os corações puros e honestos das almas santas de Seu Reino. Isto significa que a Justiça de Deus não é cega e jamais faz vista grossa para deixar entrar criminosos no meio dos santos! Significa que ser cristão também é ser uma espécie de “separatista nato”, capaz de farejar a maldade e expulsá-la de sua presença como Deus expulsou satanás! O Papa, pois, deveria ser feroz e ferino no trato com terroristas disfarçados de religiosos, sobretudo os que chegam com turbantes e burcas!. A segunda frente é a doutrinária, na qual o Cristianismo original, preservado pelo Catolicismo romano, não pode sonegar ou manipular, mesmo que sua severidade faça escassear seus seguidores! Afinal, Jesus nunca se derreteu por multidões! Teve uma péssima experiência com uma delas e a ouviu em coro gritar “crucifica-O!”... Logo, não poderia ser um Papa “normal” aquele que, depois de 2000 anos, viria a dizer que a doutrina da justificação de Lutero estava certa, quando o monge agostiniano despedaçou a sã doutrina e relativizou a importância das boas obras, ensinando a heresia da salvação somente pela fé! Cruz credo!... Afinal, QUEM É este Papa Francisco? Teriam alguns tipos de cristãos razão em compará-lo ao antiCristo? A pensar...

Um comentário:

  1. Um dia numa reunião de formação de pastoral familiar,o Coordenador disse: O Papa é infalível. Um dos participantes na formação, disse: não concordo, o Papa não é infalível, ele é homem como outros. Esse recebeu uma tremenda reprimenda. Até ameaça de expulsão conforme o Código Cânon. Concluindo: seris o Papa infalível?.....

    ResponderExcluir